Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

segunda-feira, 4 de julho de 2016

A DISCIPLINA


Segundo o Dicionário KOOGAN LAROUSSE:
DISCIPLINA s. f. O conjunto dos regulamentos destinados a manter a boa ordem em qualquer assembléia ou corporação; a boa ordem resultante da observância desses regulamentos: a disciplina militar. / Submissão ou respeito a um regulamento. / Cada uma das matérias ensinadas nas escolas.
No Dicionário AURÉLIO:
DISCIPLINA s.f. 1. Regime de ordem imposta ou mesmo consentida. 2. Ordem que convém ao bom funcionamento de uma organização. 3. Relações de subordinação do aluno ao mestre. 4. Submissão a um regulamento. 5. Qualquer ramo do conhecimento. 6. Matéria de ensino.

É uma palavra que tem a mesma etimologia da palavra “DISCÍPULO”, que significa aquele que segue. Em filosofia significa conjunto de conhecimentos metódicos ou regra de conduta (a disciplina dos costumes) e é aplicada às organizações e às pessoas. 

Na Maçonaria significa uma rigorosa e irrestrita observância às normas, às Constituições, aos Landmarks, aos regulamentos, às obediências e às autoridades.

Sem disciplina, nenhuma organização ou entidade domina seus interesses, porque a indisciplina gera um grave mal, a exemplo da anarquia, a qual combatemos, por produzir o caos. A indisciplina anda em voga no meio político: “quanto pior melhor”.

A disciplina é irmã gêmea da liberdade quando a usamos como direito, ou seja, o direito agindo para que a manifestação de liberdade seja garantia de todos. Porém essa afirmativa produz efeito quando se consegue respeitar os direitos alheios, que é diferente da liberdade pessoal, conseguida pela consideração espontânea das normas previamente estabelecidas e da obediência às autoridades constituídas.

O cidadão que pretende viver em sociedade leva para seu convívio um dos deveres essenciais: a disciplina, sinalizada por juramentos, estudos, posturas, segurança nas determinações e ações, sob pena de, não o fazendo, gerar no grupo, dissabores, desentendimentos, egoísmo, divisões e não conseguir transmitir a paz nem a harmonia, tornando-se assim, um cidadão que não inspira segurança a seus companheiros.

Tomemos para nossas vidas, um exemplo de autodisciplina, a do artista. Sua arte se expressa pelo rígido método de disciplina, que espontaneamente impõe a si próprio, dentre outros; o de dormir, de meditar, de buscar inspiração e no tratar com a natureza, completado pelos instrumentos que utiliza: o pincel, a caneta, as chuteiras e os dedos, pois, sem este cuidado disciplinar ele nunca passará de um artista mediano, de um péssimo sonhador.

Na sociedade em geral, quando aceitamos o convite para ser iniciado na Ordem Maçônica, imaginamos uma gama de normas próprias, a que seremos submetidos a cumprir e, quando aceitos, prometemos obedecer, através de juramentos e preceitos outros que formarão o caráter e a moral do cidadão/Irmão. Portanto, sem a disciplina maçônica, a busca da perfeição correrá por caminhos difíceis de alcançar.

A Maçonaria praticada nos dias atuais não estabelece atração por conhecimento além dos nossos rituais, deixando, então, uma lacuna para o desenvolvimento da desmotivação, que geram, às vezes, na consciência dos Irmãos, a vontade latente de deixar a Ordem, por não ver mais, sólidos compromissos, morais e éticos (ensinamentos que norteiam a nossa Instituição).
Assim, no ranger da carruagem, quando se falar em Maçonaria, dir-se-á “FOI UMA SOCIEDADE DISCIPLINADA QUE EXISTIU ATÉ OS IDOS DE…”.
Enfim, o que devemos e podemos fazer para estagnar este quadro?
“O indivíduo competente é aquele capaz de transformar conhecimento em soluções para problemas concretos da vida”. (Sandra Garcia)
Autor: José Amâncio de Lima
ARLS Estrela de Davi II, 242 – GLMMG


Um comentário:

  1. O texto é belíssimo sem dúvidas. O autor falar com propriedade, digno de ser compartilhado, mas ao meu ver editado, pois discordo do final, acerca do que é hoje a maçonaria. Ela continua sendo uma instituição perfeita, e há sim, ainda, IIr∴ dedicados a praticá-la dentro e fora do templo, erguendo templos à virtude e masmorras ao vício, e fazendo da vida um ritual de disciplina. Um T∴ F∴ A∴

    Djoni de Araújo Neves Filho - Apr∴ M∴
    A∴ R∴ L∴ S∴ Fraternidade Caucaiense nº 63
    Oriente de Caucaia/CE - G∴ L∴ M∴ E∴ CE∴
    djonifilho@icloud.com

    ResponderExcluir

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares