Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

JANTAR RITUALÍSTICO- AS ORIGENS


O termo “confraternizar” tem sua origem na palavra, em latim medieval, “confraternitas”, e revela uma manifestação amigável de confraternidade.

Como verbo transitivo direto, indica “unir”, “congregar fraternalmente”, “confraternar”. Como transitivo indireto, indica “comungar os pontos de vista, as convicções ou estado de espírito de alguém”.

Confraternizar é entender o verdadeiro sentido do estar perto. Perto da família, dos amigos, seja qual for o tipo de confraternização deve ser um momento de união.

Também, conhecido por Sessão de Mesa ou Loja de Mesa, o Jantar Ritualístico é uma sessão ritualística em que os maçons se confraternizam em torno de uma mesa de refeições.

É, também, chamada, embora impropriamente, de banquete ritualístico, conforme nos orienta o maçonólogo e historiador José Castellani.

Trata-se de um costume antigo, que se realizava por ocasião dos solstícios de inverno ou de verão, ou, na impossibilidade, em data mais próxima possível, o que foi, de fato, o que ocorreu, nesta ocasião.

Tais repastos fraternais eram muito comuns nos primórdios da Franco-Maçonaria. Como lembrança do ritual hebraico de “kidush”, inserido pelos essênios, temos o pão e o vinho.

Os egípcios e gregos celebravam banquetes sagrados; os romanos celebravam o “lectisternium” ou festim realizado defronte dos deuses que adoravam; os judeus reuniam-se em refeições religiosas prescritas por Moisés; os primeiros cristãos celebravam suas refeições de amor e caridade com o nome de ágapes, durante os quais, por último, houve tantos excessos e desordens que foi necessário suprimi-los; no entanto, entre os maçons têm sido conservados em toda sua pureza.


Fonte: Informativo Virtual Astréa News Órgão Oficial de Divulgação do Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria para a República Federativa do Brasil Fundado em 17 de maio de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares