Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

domingo, 18 de novembro de 2012

UMA VEZ APRENDIZ, ETERNO APRENDIZ SEREI...




AMADOS  IRMÃOS!

Todos nós buscamos a VERDADE oculta e essencial, ainda inerente ao golpe do MAÇO impulsionando o CINZEL, visando, diuturnamente, trabalhar a PEDRA BRUTA, que é o nosso SER material, mensurado pela Régua de 24 polegadas, numa constante transformação... Agindo assim, nós estaremos ligados intimamente, talvez por um fio de seda muito resistente, que une invisivelmente os APRENDIZES aos COMPANHEIROS, e ambos aos MESTRES e ANCIÕES; bem como a todos (as) aqueles (as), que, mesmo não sendo iniciados (as), zelam pelos Sagrados Mistérios da nossa “Venerável Ordem Maçônica”. Estou me referindo agora aos Sobrinhos e Sobrinhas; às Cunhadas e... às protegidas VIÚVAS.

Assim, em qualquer área deste mundo profano, poderemos ver com o olho da mente, que reflete ou projeta os arquétipos mentais em nosso coração, aquela fulgurante imagem do G.A.D.U  se manifestando em cada trabalho e/ou reuniões, nas tantas OFICINAS reconhecidas e regulares, evolutiva e cósmicamente operando.

O APRENDIZ, para receber o seu aumento de salários, precisa ser elevado ao Grau de COMPANHEIRO; para, mais tarde, segundo seus esforços e empenho, alcançar a MAESTRIA. Enquanto, talvez, num sentido inverso, os MESTRES permanecem APRENDIZES, originariamente. Logo, ouso comparar este ciclo natural à SEMENTE daquela FRUTA, que antes de ser FLOR, era outra SEMENTE, que lançada em solo fértil, como um GERME LATENTE, meia noite em ponto, conseguiu brotar; e rasgando a face da MÃE TERRA... pode nascer; e mais tarde, já enquanto PLANTA, evoluiu e multiplicou-se diante dos olhos de todos; numa atividade silenciosa mas persistente.

Pelos diversos CAMINHOS mundanos, em sua lida diária, cada MAÇOM portador de qualquer Grau Evolutivo ou conferido em LOJA, continuará disposto a abrir sua mente e seu coração, para assim conhecer e bem avaliar os eventos diários, face ao FOGO que mantém a esclarecedora Filosofia Maçônica, ali no aconchego do seu LAR, durante o seu “Quarto de hora de estudos” onde amplia naturalmente o seu cabedal de conhecimentos; reconhecendo que o preço da evolução individual será sempre o TRABALHO digno em prol de seu Auto aperfeiçoamento; tendo cada MAÇOM aquela Coragem mesclada pela Humildade de reconhecer esta verdade: “enquanto seres humanos...   somos e seremos ETERNOS APRENDIZES”.

Partindo, pois, agora e sempre desta singela premissa, veremos com certa tranquilidade que a VIDA nos ensina, por diferentes modos, como podemos aplicar, nos TEMPLOS e na vida profana, os conhecimentos e/ou experimentos ensinados e compreendidos em nossos estudos individuais ou em grupo, durante a nossa vida maçônica.

E isso, naturalmente, nos torna mais capazes de continuar buscando a VERDADE ABSOLUTA; a CHAVE que, de alguma forma, já vibra no seio e no íntimo de cada Verdadeiro MAÇOM. E somente DEUS ( G.A.D.U ) pode avaliar e atestar a nossa condição de Obreiros do Templo Maior.

Somos Fraternos IIr.’.! Que sempre guiados pela RAZÃO e iluminados pela LUZ da Consciência Cósmica, orientando a   nossa Conduta Humana, intuindo as nossas boas ações em prol do Equilíbrio e da Ordem, sempre nos empenharemos por alcançar a Real Maestria Maçônica.

Portanto, será bom não nos esquecermos deste inegável fato: “Perante o ALTÍSSIMO e as CRIANÇAS”, nós seremos ETERNOS APRENDIZES da arte de todas as artes: a “Sublime ARTE REAL”.

Que a SAÚDE, a FORÇA e a UNIÃO estejam em cada um!

T .’. F .’. A .’.. E que agora e sempre... Assim seja!


Ildeu Ferreira ( Ydu )  #  Aprendiz Maçom
Or.'. de Belo Horizonte - MG - Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares