Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

O QUE SE OBTÉM SENDO MAÇOM


Ao ser iniciado na maçonaria um grande fato ocorre a todos nós, o abandono da vida profana e o renascimento de uma nova vida dentro da maçonaria.

Começando nossos estudos maçônicos o aprendiz passa a entender a vida e vê-la com outros olhos, pois seus valores passam a ser combater os vícios, a tirania, a ignorância, os preconceitos e os erros, ao mesmo tempo em que desenvolve suas virtudes.

Desta forma nos aperfeiçoamos, passamos a buscar as raízes do conhecimento, nos polindo a cada instante e deste modo levantando templos à virtude e cavando masmorras ao vício.

Tendo uma nova vida que se torna visível aos olhos maçônicos, porém nem sempre visível ao mundo profano, demonstramos uma conduta reta e justa.

Deste modo, além da nova vida, dos aperfeiçoamentos, dos novos conhecimentos, dos novos valores e diretrizes de vida, passamos a reconhecer e ser reconhecido na irmandade maçônica, sempre nos lembrando do dever natural de ampararmos nossos irmãos.

Através da maçonaria passamos a cultivar uma verdadeira e sincera amizade entre os irmãos, cultivando incondicionalmente o princípio da solidariedade humana e desta forma unindo a todos, independentemente de raças, crenças, filosofias ou nacionalidades.

Resumindo, temos uma nova vida, a vida maçônica.


Irmãos: Douglas Ribas Busse, José Amilton Chemin, Renato Nickel, Roberto Dyninski Arruda e Roberto Rubens de Campos.
Grande Loja do Paraná.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares