Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

domingo, 13 de novembro de 2016

A MAÇONARIA – SUA ORIGEM HISTÓRICA


Houve uma época em que os Canteiros de Obras chegaram à conclusão de que era chegada à hora de evoluírem abrindo as portas de suas Guildas aos Livres Pensadores, transformando a Maçonaria Operativa em Maçonaria Simbólica ou Especulativa.

Com o passar do tempo, haviam mais Pensadores, cognominados de Aceitos do que de Pedreiros.

Em 24 de junho de 1717, com a iniciativa de Desaguillers e Anderson, reuniram quatro Lojas Maçônicas de Londres, a saber: Ganso e da Grelha; Taberna da Macieira; Coroa e Taberna do Copázio e do Bago da Uva e fundaram a Grande Loja de Londres.

Em 1723, foi publicada a Constituição Maçônica, impropriamente conhecida como “Constituição de Anderson” de autoria de James Anderson, Ministro protestante da Congregação Escocesa de Londres, profundo conhecedor da Bíblia, por determinação do Duque de Warton.

A grande virtude de Anderson foi manter os costumes dos pedreiros e dos Canteiros, construtores das catedrais góticas, constituindo estes a fontes mais importantes das tradições maçônicas: sinais, toques e palavras, uso de priscas datas, mas como grande conhecedor da Bíblia, Anderson ficou impressionado com algumas passagens bíblicas sobre a mulher: Isaias 34-14: “As feras do deserto se encontrarão com hienas.” – referindo-se a Lilith – demônio feminino, ou em Gênesis – 12: “Abraão prostituiu a própria a mulher vendendo-a aos egípcios.” Depreendendo-se que a mulher era propriedade do homem.

Inicialmente, houve duas correntes fraternais que influenciaram na formação da Maçonaria Simbólica: Os Maçons esotéricos que buscavam a origem da Maçonaria nas Ordens Iniciáticas como Eleusis e os Maçons Autênticos que procuravam seguir as tradições da Ordem.

Mas a verdade é que a Maçonaria é o resultado da civilização mais avançada e não um credo que nasceu dos sarcófagos e suas respectivas múmias. 

A Maçonaria é comunhão de pensamento e não religião.


Willian Ribeiro da Franca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares