Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

EMULAÇÃO


Para os interessados em História da Maçonaria, existem três Lojas, extremamente importantes, cujo trabalho realizado deve ser conhecido. São elas:

A Loja de Promulgação (Promulgation)

A Loja de Reconciliação (Reconciliation)

A Loja de Emulação (Emulation)

Como é do conhecimento de todos nós, quatro antigas Lojas formaram a Grande Loja da Inglaterra em 1717. Mesmo estando muito atenta, outra Grande Loja foi formada alguns anos mais tarde e era asperamente hostil à primeira.

A segunda Grande Loja intitulou-se com o nome de “Antigos” e intitulou a primeira de “Modernos”, de modo pejorativo, pois alegavam que essa primeira Grande Loja não seguia estritamente o conteúdo do manuscrito “Old Charges”.

A animosidade entre elas persistiu por muitos anos, mas finalmente, no início do século XIX, um maior sentimento de tolerância foi adotado por ambas as partes e um desejo de união foi feito.

Em 1809 os “Modernos” fundaram a “Loja de Promulgação” (promulgar=divulgar, publicar) para determinar e promulgar os Antigos Landmarks da Ordem (Craft).

Essa Loja teve muitas reuniões e as Cerimônias foram repetidas e apuradas muitas vezes, terminando seus trabalhos em 1811.

Registros mostram a preocupação, principalmente com a Cerimônia de Instalação, que era um dos pontos de discórdia entre as duas Grandes Lojas. Esta “Loja de Promulgação”, sem a menor dúvida, ajudou muito a união das duas Grandes Lojas.

A “Loja de Reconciliação” foi prevista, por alguns Artigos da União realizada, e deveria ser fundada por “nove Obreiros dedicados e experientes” de cada Grande Loja, para instruir e obrigar os Mestres, os Ex-Mestres (Past Masters), Vigilantes e a todos os membros de todas as Lojas em formar e preparar os requisitos para a Grande Assembleia.

E, também, para a efetivação da Nova Grande Loja, promovendo a uniformidade nas Cerimônias, Regras, Disciplinas, etc., nos “Trabalhos” a serem realizados.

Essa Loja teve diversos encontros em diversas ocasiões e as Cerimônias acordadas foram ensaiadas, e tudo aprovado em 1816.

A “Loja de Emulação” (EmulationLodgeofImprovemente) era o local (Loja) onde o correto ensaio geral do Ritual, conhecido como “Emulation” era realizado.

Foi fundada em 1823, e seu principal membro foi Peter Gilkes que morreu em 1833. A maior preocupação dessa Loja sempre foi preservar a pureza dos trabalhos realizados e formulados pela “Loja de Reconciliação”, e aprovados em 1816.

Não é uma Loja de instrução, mas de aperfeiçoamento.


M.'.I.'. Alfério Di Giaimo Neto

Um comentário:

  1. preservar a pureza é a mais sagrada de toda maçonária desde seus inicio nos grandes templos do égito até hojé é lapidar cada dia mais ,é como uma criança ou uma rosa que acaba de desabrochar é cuidar regar pois todos temos conhecimento seja em loja oficinas ou mesmo nos augustos mistérios preservar a indentidade em honra de todos confiar em alá mas amarrar o cameló é importante saber que todos somos eterno aprendiz e temos que cuidar lapidar a pedra se corregir todos os dias a caridade o amor o respeito aos irmão deve ser afetuoso e não de fingimento sempre está atento pois todos temos que passar pelas areias do deserto para chegar até o grande queops onde buscaremos a profunda paz e ogrande encanto com todos.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares