Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

sexta-feira, 3 de julho de 2015

A GRANDE MISSÃO DA MAÇONARIA...


A Maçonaria está submetida a provas duríssimas, mas resistirá heroicamente a todos os golpes de seus próprios filhos e sairá fortalecida sempre, sempre e sempre.
Na senda do Mundo há nascido uma árvore nefasta e frondosa: a Crueldade, que produziu ditadores, traidores, corruptos e sem princípios que abusam da confiança do povo em todas as épocas e de todos os tamanhos, cheios de vaidades e ambições, duros de corações, carentes de escrúpulos, inimigos da liberdade de ação e inimigos, portanto da Maçonaria, que tem a Verdade e a Justiça como pilares básicos de seu Templo imortal.
 Mas a Maçonaria tem uma missão a cumprir, e a cumprirá a despeito de todos quantos contra ela se voltem.
“Em saber esperar e em saber resistir está sua força e em ter a Razão contra tudo que seja Escravidão, Ignorância, Fanatismo e Aviltamento, pois o Grande Arquiteto do Universo exercerá eternamente a força derrotando estes inimigos”.
Sua grande missão é elevar, iluminar, impulsionar e redimir a humanidade. Dar a conhecer que não estão sós (isolados) do mundo. Que seu progresso é o resultado de uma cadeia de homens decididos e virtuosos, assim mesmo os passos que há dados na senda do progresso são tão curtos tal como exíguo é o tempo que leva a Família Humana na face da Terra comparada com a idade dos planetas.
 O transito da humanidade pode considerar-se como raiz da árvore que um dia luzirá copa frondosa, sustentada por tronco rijo e idoso do qual somos a primeira célula.
Dizer que assim como o Sol ilumina os bons e os maus, dá calor a todos sem exceção, assim a Maçonaria deve estender seu amor e sua beneficência a todos quantos a rodeiam, sem distinção, sem malevolência e sem rancores, porque tanto como o Amor é fértil, o Ódio é estéril.
 Que não se reconheça mais títulos e nem vantagens e que não se desvirtue o estreito acatamento à Moral e ao exercício da virtude. Que seja bom, amoroso, honrado e excessivamente virtuoso.
A Maçonaria é a mãe da sabedoria humana. Ela diz ao homem com sublime doçura e amor:
Cumpre a tua missão, custe o que custar. O caminho para teu próprio convencimento que queiras seguir não me importa, para isso te deixo em liberdade de consciência, por isso não pugno por nenhuma religião e te convido ao estudo e a meditação sobre o único livro que há estudado o homem profundamente, e de onde ele tem tirado todo o seu conhecimento.
Este livro é o Universo a que pertences. Se nele existe um Deus, é Ele a causa criadora, ordenadora. Se esse Deus não existe e em seu lugar só fica a lei da casualidade, será ela a primeira ação geratriz e ordenadora do Universo.
 E, se nada existe, será esse o ponto de partida e, portanto, totalizador desse Universo. Independentemente do teu pensamento verás que o Universo teve forçosamente uma origem que escapa aos ditames de tua razão e deve ter, também, um fim posterior que se esgote em si mesmo, um fim cuja natureza a Maçonaria não te revela e não te ensinará a elucidar porque, humilde, científica e razoável, se conforma que vivas bem todas as tuas vida, com o pensamento de que, se a tua morte sobrevivesse a tua alma, terás preparado teu caminho a percorrer em outra vida e se não existe essa outra vida, nada haverás perdido em viver bem o presente".
A Maçonaria cumpre sua missão incansavelmente, com denodo, valor e perseverança. E sua doutrina é o amor. Não há ser no mundo que não melhore em algo sua alma enquanto ama outro ser, ainda quando se trate de um amor vulgar. E os que não deixam de amar não seguem amando senão porque é a mais divina e ao mesmo tempo a mais profunda virtude humana.
Que a Razão e o Amor lutam primeiro com violência em uma alma que se eleva, mas a Sabedoria nasce da paz que acaba de fazer-se entre o Amor e a Razão, e essa paz é tanto mais profunda quanto mais direitos haja cedido a Razão para o Amor.
Não chegamos a ser verdadeiramente justos senão desde o dia em que nos vemos reduzidos a buscar em nós mesmos o modelo da justiça. A inteligência, ao mostrar-nos, por assim dizer, a imensidade de nossa impotência, nos toma a dor de nossa derrota.
Grande é a vontade de Deus, mas não a vemos (como o vento, por exemplo) e isso se reflexiona, é natural porque todas as dádivas de Deus são invisíveis, como a providência Paternal, que é espírito puro.
No fundo da humilde vida do justo só são inalteráveis e imóveis a Justiça, a Confiança, a Benevolência, a Sinceridade e a Generosidade.
A missão da Maçonaria Universal é espargir os postulados do Amor. Ela não tem donos, não é um negócio, não é uma profissão. O amor nos abre os olhos para muitas verdades pacíficas e doces, e nos dá a oportunidade de conhecer e admirar, em um objeto único, o que não havíamos tido, nem em ideia, concebido em mil objetos diversos.
E com isso se alarga nosso horizonte e mais se estende o alcance de nosso coração.
A Maçonaria é para poucos, mas esses poucos muito fazem pela humanidade. Muitos adentram, logo saem, e continuam sendo Profanos de Avental.
Sagrada, Sublime missão é a da Maçonaria...!!!



Edson Guedes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares