Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

PODE O CRISTÃO SER MAÇOM?





Muita gente questiona o ingresso do Cristão na Maçonaria, por acreditar que a Maçonaria ensina e pratica coisas que vão de encontro ao cristianismo. É importante conhecer mais de perto essa Instituição, para não engrossar o coro daqueles que falam sem nenhum conhecimento de causa.

É impossível alguém esclarecido e sincero, afirmar que a Maçonaria é indigna do cristianismo. 

Assim repetimos a pergunta: Pode o cristão ingressar na Maçonaria? É claro que sim!

VEJAMOS ALGUMAS RAZÕES:

Primeira: Ele aprende na Maçonaria a por em prática o amor:
a) Amando a Deus (o G:.A:.D:.U:.).
b) Amando o Livro da Lei ( A BÍBLIA).
c) Amando a Família.
d) Amando o Irmão.
e) Amando o próximo.
f) Amando a Pátria.

Segunda: Ele aprende na Maçonaria a respeitar sem nenhum constrangimento:
a) As diferenças raciais e sociais.
b) As diferenças religiosas ou filosóficas.
c) As diferenças político-partidária.

Terceira: Ele aprende na Maçonaria a dominar e vencer as suas Paixões:
a) Vencendo a forma egoísta de encarar a vida.
b) Vencendo a forma distante de encarar a dor alheia (de quem precisa).
c) Vencendo a forma unilateral de rogar as bênçãos de Deus (G:.A:.D:.U:.).
d) Vencendo a forma deturpada de levar vantagem em tudo. 

Quarta: Ele aprende a ser verdadeiro:
a) Verdadeiro Obreiro da Arte Real.
b) Verdadeiro esposo, fiel amante, daquela que é a rainha do seu lar e mãe de seus filhos, companheira nas horas de alegria e tristeza.
c) Verdadeiro Pai, sacerdote do lar e sempre presente na vida da sua Família.
d) Verdadeiro Irmão, amigo e leal, sempre disposto e atento as necessidades daquele que é reconhecidamente Irmão, independente da Loja, Rito ou Potência.

Depois desse breve esclarecimento, pode alguém dizer que a Maçonaria é diabólica e indigna do cristianismo? É claro que não! Só mesmo quem não quer dar o braço a torcer insiste no erro de continuar falando mal, daquela que sempre faz o bem.

A Maçonaria é um dos braços de Deus aqui na terra, para tornar a convivência entre as pessoas mais pacífica, fraterna e agradável.

Pode alguém falar mal de uma Instituição que ama a Deus e ao Próximo, que ama a Pátria e defende a Natureza, que prega, defende e vive, a Liberdade, a Igualdade e a Fraternidade?

Sem dúvida alguma, o cristão pode ser maçom, pois a Maçonaria é o lugar dos homens de Bem, Livre e de Bons Costumes.

Que o Grande Arquiteto do Universo continue iluminando e abençoando ricamente os Obreiros da Arte Real, Construtores de um Mundo cada vez melhor.
Que Assim Seja!

Irmão Valdemir de Barros Sarmento, MI, GOB. Recife 12 julho 05 

(OBS.: O Irm.'. Valdemir é PASTOR PRESBITERIANO atuante)

Um comentário:

  1. Prezado Dr. Valdemir, aprendi que podemos perceber se algo é bom ou ruim pelo resultado que proporciona. As pessoas que percebo serem Maçons demonstram terem boa índole, serem bem esclarecidas e fazerem bem à sociedade através de trabalhos sociais e até voluntários. Para mim, até que se prove o contrário, a Maçonaria parece ser algo bom.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares