Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

terça-feira, 16 de junho de 2015

CÓDIGO MAÇÔNICO


1. Adora e ama, sobretudo, ao Grande Arquiteto do Universo que é Deus.

2. Ama o teu próximo.

3. Não faças mal a ninguém, mas antes, faze todo o bem que puderes, pelo amor ao próprio bem, mesmo aos inimigos, se é que aspiras à perfeição; porque não só és responsável pelo mal que fizeres, mas pelo bem que deixares de fazer.

4. Escuta sempre a voz de tua consciência; ela é um dos teus Juízes.

5. Deixa falar os homens; cada um só dá o que tem.

6. O verdadeiro culto ao Grande Arquiteto do Universo consiste nos bons costumes. Conhece-te a ti mesmo; - corrige os teus defeitos e vence tuas paixões.

7. Nos teus atos mais secretos sabe que há o olho onividente da Providência, que te vê. Supõe sempre que tens todo o mundo por testemunha.

8. Ama os bons; alenta os fracos; foge dos maus; não odeies ninguém.

9. Não lisonjeies o teu Irmão, porque é uma traição; - se teu Irmão te lisonjeia teme que ele te corrompa.

10. Sê tolerante, porém, lembra-te que a tolerância não vai a ponto de proteger atos imorais.

11. Respeita a mulher; nunca abuse da sua fraqueza; defende-lhe a inocência e a honra.

12. Se alguém tiver necessidade, socorre-o, se desviar-se da virtude, chama-o a ela; se vacilar; ampara-o; se cair levanta-o.

13. Respeite o estrangeiro e suas crenças até o ponto em que ele e elas não te corrompam os sãos princípios.

14. Pratica auxílio aos fracos, a justiça a todos, a dedicação à Pátria e a Família e a dignidade para consigo mesmo.

15. Fala sobriamente com os superiores, prudentemente com os iguais, abertamente com os amigos, benevolamente com os pequeninos, leal e sinceramente com todos.

16. Fogem as contendas, evita os insultos (os maus por si se destroem); obedece sempre à razão esclarecida, pela ciência e iluminada por Deus.

17. Se o Grande Arquiteto do Universo te der um filho, agradece-lhe esta graça, mas teme o depósito que ele te confia; - seja para essa criatura a imagem da divindade. - Faze que até os 10 anos ele te tema; - que até os 20, ele te ame; que até a morte, ele te respeite. - Até os 10 anos, seja seu mestre; até os 20, seja seu pai; - até a morte seja seu amigo. - Cuida com preferência em dar-lhe bons princípios do que lhe dar boas maneiras. - É melhor que ele te deva uma boa doutrina do que uma elegância frívola, a que seja antes um homem de bem do que um homem hábil.

18. Se te envergonhas de teu ofício é orgulho, lembra-te não é o teu emprego que te honra ou avilta, mas a maneira porque o exerces.

19. Refere a todos a utilidade de teus Irmãos porque trabalharás para ti mesmo.

20. Se contente por toda parte, de tudo e de todos.

21. Cumpre teu dever, aconteça o que acontecer.

22. Trabalha sobre o pedestal da justiça, da verdade, da honra e do progresso.

23. Tem por divisa: Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

24. Tem Fé, Esperança e Caridade: Fé - como que quem vê o infinito; Esperança - como quem olha para o céu e Caridade - como quem olha do céu para a terra.

25. Regozija-te com a Justiça, insurge-te contra a iniqüidade; - sofre os azares da sorte, mas luta contra eles no intuito de vencê-los.

26. Lê e aproveita; vê e imita os bons costumes; reflete e trabalha, fazendo o que puderes para o aperfeiçoamento moral da humanidade.

27. Não te encolerizes facilmente, pois a ira é sinal de fraqueza.

28. Jamais prometas com a intenção de não cumprir.

29. Não faças aos outros aquilo que queres que te façam.

30. Não julgues levianamente as ações dos homens, não censures e louva ainda menos; - ao Grande Arquiteto do Universo, que sonda os corações, compete apreciar a sua obra.

31. Ama a Pátria e a Liberdade; - seja bom cidadão, bom esposo, bom pai, bom filho, bom irmão e bom amigo.

32. Faze de teu corpo um templo, de teu coração um altar e de teu espírito um apóstolo do amor, da verdade e da justiça.

33. Conserva sempre pura a tua alma, para que possas aparecer dignamente ante o Grande Arquiteto do Universo que é Deus.

Colaboração
José Carlos Lopes 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares