Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

segunda-feira, 1 de junho de 2015

MAÇONS COM "M" MINÚSCULO


Deixando de lado os aspectos econômico-sociais, definimos corporativismo como sendo  a defesa intransigente de uma determinada pessoa ou grupo, na salvaguarda dos seus membros e interesses. Esta defesa pode acontecer no campo político, racial, religioso, etc e etc..

Esta tutela é exercida pelo grupo de modo que suas opiniões e procedimentos devam sempre prevalecer, não se admitindo posições contrárias.

Mas na Ordem Maçônica existe corporativismo? Infelizmente esta praga foi introduzida no nosso meio.

Este fenômeno é mundial e contribuem para a materialização deste problema: as eleições, período em que determinado grupo tenta se perpetuar no poder, e a vaidade humana, uma das chagas que assola a nossa Instituição.  

A primeira cisão na chamada Maçonaria Moderna se deu no ano de  1751, com a fundação da Grande Loja da Inglaterra ou Grande Loja de York, intitulada de  “antigos”, contrária a Grande Loja de Londres, cujos membros foram chamados de “modernos”. Esta divisão foi superada sessenta e dois anos depois com a unificação das duas Potências, gerando a atual Grande Loja Unida da Inglaterra.  

O corporativismo leva, inexoravelmente, a quebra da harmonia maçônica. Irmãos começam a se digladiar esquecendo princípios basilares da boa vivência. Agressões verbais são verificadas, descasos, abandono, chateações, soberba, ocorrendo, em alguns casos, ofensas físicas.

Desrespeito a hierarquia dentro e fora de Loja é observado. Irmãos para fazerem prevalecer seu juízo ou sentimento atacam autoridades maçônicas (Veneráveis Mestres, M.'.I.'., Deputados, Delegados, Assessores do GM e até o próprio GM, demonstrando falta de condições de exercer com plenitude seu ofício de Mestre Maçom.

Companheiros que não sabem viver em sociedade, não admitindo opiniões antagônicas, devem repensar sua condição de Maçom, com eme maiúsculo.

ESTAR... Maçom é um direito adquirido ao se  cumprir certas exigências legais (pagar as cotizações e sentar as nádegas reais nas cadeiras e uma ou outra sessão,  porém, SER Maçom é um estado de espírito que não se harmoniza com o corporativismo e ou panelas de Loja.

Em visita à cidade do interior de São Paulo, fui vítima deste corporativismo, pois sou um Deputado da PAL-GOP e M.'.I.'. de graus superiores, e ao levar meu pai à noite em uma emergência no hospital da cidade, tive o "dissabor" de encontrar irmãozinhos desta monta, ou seja pequeno no espírito; o "maninho", médico famoso na cidade, passou por cima  por mim e da cunhada e nem deu bola, nem um boa noite e nem nada!

 A arrogância predominou, Ah! Dr. P. que foi vice-prefeito desta cidade, e mestre-maçom da Loja local; Loja esta com características  "CORPORATIVAS", pobres irmãos, só tem dinheiro, mas, Maçonaria ainda lhe falta e muito. 

Mas nesta mesma cidade, existem  Grandes Irmãos por exemplo , o Sr. J. este sim, Irmão com M maísculo, mas tem os outros "irmãos"  o G, o A, o C,  e outros que nem lembro; pois estes nunca lembraram e nem lembram da minha pessoa.

 Infelizmente, esta lotada de irmãozinhos assim por ai, irmãos falsos, hipócritas, sem graça, chatos, que deixam você no portão, e nem chama para entrar em sua casa; irmãos que vê o outro irmão vindo, e vira a cara para não dar carona em sua "carruagem dourada".

A coisa precisa mudar esses irmãos de booz... nem precisam ficar na Maçonaria; pode ir embora, que falta não faz. Precisamos de Irmãos unidos, juntos, que se doem pelos outros, que se envolvam que saiba que é hospitalaria que saiba ajudar os outros irmãos. que se doa, que se gostem. Irmão da fachada, eu não quero nem saber! 

A Maçonaria não é um clube  onde os fins justificam os meios. A Maçonaria é uma escola de líderes, onde princípios como tolerância, respeito ao próximo e fraternidade devem sobrepor qualquer interesse pessoal. 

Se não gostou saia, vá para o Rotary e ou Lions lá é o seu lugar, Maçonaria é doação, companherismo, ajuda, amor, estudo, evolução, união, irmandade, prioridade, família, comunicação, frequencia, assiduidade, pontualidade, e muito mais!

NÃO SEJA MAÇOM COM  "m" MINÚSCULO!

Denilson Forato, M.'.I.'.
  VMD-PAL


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares