Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

quinta-feira, 16 de abril de 2015

PAINEL DO COMPANHEIRO MAÇOM



INTRODUÇÃO

            No Painel do Grau de Companheiro, encontrei diversas semelhanças com o Painel do Aprendiz, e alguma diferença com isso focou meu trabalho nos achados diferentes, não deixando de dar uma breve descrição dos semelhantes.

DESENVOLVIMENTO

A Orla Denteada – Simboliza a união dos maçons.

O Pavimento Mosaico – Simboliza a harmonia universal dos maçons.

Os cinco degraus – Simbolizam a idade do Companheiro, o tempo necessário para o aprendizado teórico e prático da construção do edifício social a que se propõem os Maçons

            As Colunas “B” e “J”. A Coluna J representa os Companheiros, cujo nome é Jaquim, segundo o Ir.’. Albert Mackey, Jaquim ou Jachim se deriva de “Jah”, equivalente a “Jeovah” e de “achin” que quer dizer “estabelecer”, formando “Deus estabelecerá”, e significa estabilidade, firmeza, sendo esta a palavra simbólica do Grau 2.

A Coluna B, representa os Aprendizes, recebeu o nome de Booz ou Boaz, se compõe de “b” que significa”em” e de “oaz” que quer dizer”em fortaleza”, que significa em força, com força, solidamente. Boaz foi o Bisavô do Rei Davi. Assim, da direita para a esquerda, como fazem os judeus, Jaquim Booz significa “Deus estabelecerá em fortaleza”, segundo versão católica, a tradução formam a frase: ”(Deus) dá estabilidade com força”. E por fim, os Capitéis, que nada mais é que o coroamento de uma Coluna, adornado por globos, com mapa terrestre no capitel da coluna B, e por mapa celeste no capitel da coluna J.

           O Pórtico – O Pórtico é a entrada da Câmara do Meio, a entrada por onde se tem acesso ao Santo dos Santos, li relatos sobre inscrições em hebraico, quatro letras que formam o tetragrama sagrado, mas que visualmente não aparecem no painel, de acordo com as pesquisas, temos a letra Iod-Hé-Vau-, correspondente ao nosso alfabeto a: Y, J ou a I-H-W ou V-H. Que significa “ Aquele que é”:Jeová(JeHoWah), ou Javé(JahWeH), ou Iavé(YaHWeH). Sendo assim, é o umbral da Luz, a porta de entrada para o atingimento da Perfeição e o conhecimento da verdade. 

           A Corda com Três Nós - Representam as três fases ou etapas da vida: a Infância, a Juventude e a Maturidade. As duas borlas pendentes representam a Força e a Beleza e todos esses atributos ou virtudes que são necessários para se chegar a verdade.

As Três Janelas - Representam as três Luzes da Loja: O Venerável Mestre, o Primeiro Vigilante e o Segundo Vigilante.

           O Maço e o Cinzel - São as ferramentas usadas pelo aprendiz para transformar a pedra bruta em polida.

           A Régua de 24 Polegadas A Régua representa a Retidão do caráter e a Exatidão de conduta, e nos lembra que não devemos perder tempo na ociosidade, planejando para as vinte quatro horas do dia,representa a divisão do dia entre trabalho, oração, repouso e estudo.

           A Alavanca - símbolo da força, firmeza da alma, da coragem do homem independente, do poder que desenvolve o amor pela liberdade e do poder do trabalho, serve para vencer a resistência da inércia e possibilita o desempenho de grandes tarefas, sob o ponto de vista intelectual, exprime a segurança da lógica e a força da vontade, que se tornam irresistíveis quando emanam da inteligência isenta da justiça.

           A Pedra Bruta – É o símbolo dos Aprendizes.

           A Pedra Polida – É o símbolo do Grau de Companheiro, trabalhando no polimento da pedra, com a ajuda do Esquadro, do Nível e do Prumo, de bruta a polida, até que se transforme em cúbica, na forma hexaédrica perfeita, símbolo da perfeição, ideal de todo Maçom.

            A Prancheta – Representa os Mestres

            O Esquadro e o Compasso - A posição do Esquadro e do Compasso sobre o Livro da Lei no Altar dos Juramentos , determina o Grau em que a Loja está trabalhando. No Grau de Companheiro, o esquadro e o Compasso se apresentam entrelaçados, simbolizando que, o Companheiro já atingiu um estágio evolutivo de equilíbrio entre Materialidade e Espiritualidade.

A haste livre do Compasso pretende demonstrar que a mente ainda fechada e com preconceitos e convenções que impediam o Aprendiz de livremente pesquisar e procurar a verdade, começa a se abrir e o Companheiro, com certa liberdade de raciocínio, encontra-se no caminho de se tornar um Livre Pensador, que lhe possibilitará encontrar a Verdade.

           O Nível – Simboliza a Igualdade.

           O Prumo – Simboliza o Equilíbrio, a Prudência e a Retidão.

           A Espada – Simboliza a Igualdade e também o Poder e a Autoridade. Simboliza ainda a Coragem, a Lealdade e a Honra.

           A Trolha ou Colher de Pedreiro – Simboliza a virtude da Tolerância e, também serve para glorificar o Trabalho, o Trabalho Perfeito do Maçom.

           O Sol, a Lua - Simbolizam o antagonismo da Natureza que gera o equilíbrio, pela conciliação dos contrários.

           As Estrelas – Em número de sete representam o número mínimo de irmãos que deverão estar presentes para se abrir uma Loja e ainda as sete artes e Ciências Liberais.

           A Estrela Flamejante - A Estrela Flamejante que ilumina a Loja representa o Sol que clareia o mundo físico, a ciência que resplandece sobre o mundo intelectual e a Filosofia Maçônica que ilumina o mundo moral.

A letra G – Está no centro da Estrela Flamejante, traduz o nome do GADU e também representa a Geometria,

CONCLUSÃO

O Painel do Companheiro Maçom mostra que os painéis sintetizam o aprendizado que será desenvolvido em cada Grau da Maçonaria em busca da perfeição.


ARLS Cedros do Líbano N° 1688 – Oriente de Miguel Pereira/RJ
Companheiro: Fernando Britto Barboza


BIBLIOGRAFIA


ADOUM, Jorge – GRAU DO COMPANHEIRO E SEUS MISTÉRIOS –
Esta é a Maçonaria. Ed. PENSAMENTO, 15.ª Edição, São Paulo, 1998.
CAMINO, Rizzardo de – SIMBOLISMO DO SEGUNDO GRAU –Companheiro. Ed. MADRAS – São Paulo, 1998.
Ritual Segundo Grau - GOB

3 comentários:

  1. Um Otimo trabalho sobre o painel de companheiro.

    ResponderExcluir
  2. Excelente trabalho, com certeza nos leva a querer sempre buscar mais conhecimento.

    ResponderExcluir
  3. Bela e firme apresentação de trabalho ao segundo grau maçom! Parabéns por vossa dedicação!

    ResponderExcluir

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares