Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

FALANDO SOBRE A MAÇONARIA

Quando convidado a discorrer sobre algum assunto em reuniões festivas, com presença de profanos, procuro sempre encaminhar o assunto de modo que eles consigam entender melhor a Maçonaria.  Entendo ser sempre oportunidade ideal para divulgar a Ordem e sob certos aspectos desmistificar ou amenizar o termo “Sociedade Secreta”.

Em uma festividade com a presença de autoridades municipais e convidados escolhi como tema o que seria o mais simples e óbvio possível: “O que é a Maçonaria”.

Pedi licença para falar em tom coloquial e, assim, de improviso, adentrei pelo Artigo primeiro da Constituição do GOB, analisando cada item e, propositadamente e, não por coincidência chegar ao item dez que fala que “os maçons se comunicam por sinais, toques e palavras”.  Bem, isso eles querem saber!

Comparei com os cristãos dos primeiros séculos que se comunicavam e se identificavam também desse modo a fim de evitarem as represálias vigentes por parte dos Césares.  Lembrei-lhes do “sinal da cruz e do peixe” usados para se reconhecerem como cristãos.  A Maçonaria, assim como os primeiros cristãos também foi perseguida e seus membros necessitavam de uma proteção, daí os sinais de reconhecimento vigentes até hoje:

Contudo, como sou ousado, disse, não os deixaria sair da Loja sem que soubessem, finalmente qual era o maior segredo de nossa Ordem: “Senhores e senhoras, o que vou lhes dizer deve ser utilizado à vontade e, com certeza espalhado por quantos encontrarem: O Grande segredo da Maçonaria é a Amizade Fraternal que une todos os Irmãos pela superfície da Terra. Porém, esse segredo, não é privilégio de nossa Ordem; os grandes profetas como Jesus, Buda, Zoroastro, Hermes Trimegistus, etc.  já orientaram, através dos tempos para a sua aplicação.  Todos eles em diversos idiomas já disseram: “Amai-vos uns aos outros”. 

A Maçonaria através de sua filosofia sempre conseguiu aplicar esses ensinamentos; façam isso e serão felizes.

Rodrigo Otávio de Mattos – CIM 133.241 – M I.'.
É membro da ARLS José Bonifácio nº 0486 – GOB-RJ                                           

do Or.’. de Barra do Piraí – RJ.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares