Páginas


“SÓ PUBLICAMOS TRABALHOS RELACIONADOS COM A ORDEM MAÇÔNICA”

ACEITAMOS A OPINIÃO DE TODOS, DESDE QUE O COMENTÁRIO SEJA ACOMPANHADO DE IDENTIFICAÇÃO E UM E-MAIL PARA CONTATO.


“NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS”

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

A MAÇONARIA SEUS OBJETIVOS E A BUSCA DO SABER



A NECESSIDADE DO CONHECIMENTO- A pureza de SER MAÇON.

Versa nossa lição sobre a origem de nossa ordem e a incansável luta pela união entre irmão.

A transmissão dos preceitos Maçônicos se faz através de cerimônias ritualísticas, ricas em alegorias, que seguem antigas e aceites formas, usos e costumes, que remontam às guildas dos construtores de Catedrais da Idade Média, usando inclusive as mesmas ferramentas do Ofício de pedreiro.

Este aprendizado passa pela necessidade de todo iniciado controlar as suas paixões, de submeter a sua vontade às Leis e princípios morais, amar a sua família e à sua Nação, considerando o trabalho como um dever essencial do Ser Humano.

O sistema de aprendizado está assente sobre a busca, por parte de cada Irmão, no seu trabalho dentro da Ordem, e respectivo ao seu Grau, de um aperfeiçoamento interior, em busca da perfeição, para fazer-se um Homem bom, um Homem melhor.

No primeiro tópico vemos que a mater de toda a existência da nossa ordem é a humildade, irmanada com busca do saber.

Várias seriam as profissões que poderiam servir como modelo e inspiração aos Irmãos Iniciáticos para transmitir à posteridade os conhecimentos, mas buscou-se no pedreiro, o paradigma do saber.

O mais sábio dentre os homens, SOL AMON RÁ, uniu-se ao pedreiro, artífice perito chamado Hirão, para a construção do TEMPLO.

Demonstrado, pois a humildade, como elemento da Maçonaria. 

A Maçonaria estimula, ainda, a prática de princípios nobres, tais como: Gentileza - Honestidade - Decência - Amabilidade - Honradez - Compreensão - Afeto. Para os membros da Ordem, todos os Homens, fazem parte da Grande Fraternidade Humana, portanto, todos são Irmãos, independentemente de Credo, Política, Cor, Raça ou qualquer outro parâmetro que possa servir para dividir os homens. 

Os Três Grandes Princípios sobre os quais está fundamentada a busca do progresso e da auto-realização do Maçom são:

O Amor Fraterno: O verdadeiro Maçom mostrará sempre a mais profunda tolerância e respeito pela opinião dos demais, portando-se sempre com compreensão. 

Ajuda e Consolo: Não só entre os Maçons, mas com toda a Comunidade Humana.

Verdade: É o princípio norteador da vida do Maçom, mesmo porque se faz necessária toda uma vida, para chegar-se próximo de ser um bom Maçom.

Antonio Ivan Silva Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão ACEITOS. Deixe seu nome completo e e-mail para resposta.
Contato: foco.artereal@gmail.com

Postagens populares